Notícias


Portos de Itajaí e Navegantes crescem 18% na tonelagem em janeiro

Portos de Itajaí e Navegantes crescem 18% na tonelagem em janeiro

Os números do complexo portuário também indicam um aumento de 17% na movimentação de TEUs

O ano de 2021 começou com crescimento no Complexo Portuário de Itajaí e Navegantes. Em janeiro foram movimentados 115.749 TEUs e 1.303.984 toneladas. No comparativo ao mesmo período de 2020, em que foram registrados 99.226 TEUs e 1.103.275 toneladas, esses números indicam um aumento de 17% na movimentação de TEUs  e 18% na tonelagem.

No Porto de Itajaí (berços públicos e APM Terminals) foram movimentados 37.279 TEUs e 452.598 toneladas. Em janeiro de 2020 a movimentação registrada foi de 39.302 TEUS e 426.118 toneladas.

Heder Cassiano Moritz, diretor-geral de Operações Logísticas da Superintendência do Porto de Itajaí, explica que mesmo com uma queda de 5% na movimentação de TEUs, houve um crescimento de 6% na tonelagem.

“Apesar da redução no número de escalas e de contêineres, nós movimentamos mais tonelagem, ou seja, movimentamos mais contêineres cheios e navios mais carregados. É muito importante a gente destacar esse crescimento da relação de carga por escala, que foi de 22% no comparativo ao ano passado”.

Ele destaca que navios mais carregados são uma tendência que se consolida cada vez mais entre os armadores: “A redução no número de escalas deve se manter, não apenas nos berços públicos, mas no complexo de maneira geral”.

Para Fábio da Veiga, superintendente do Porto de Itajaí, a movimentação de janeiro foi bastante expressiva.  “Historicamente a movimentação portuária do primeiro trimestre do ano tende a manter uma estabilidade, e mesmo com o fechamento da barra em virtude das chuvas, nós conseguimos apresentar um crescimento, indicando que em 2021 nós vamos continuar nesse ritmo”.

Em função das chuvas que atingiram Santa Catarina, causando o aumento da correnteza do Rio Itajaí-Açú, e também de ventos acima do limite operacional, a barra ficou fechada por 164 horas (em torno de sete dias) e com 144 horas de restrições operacionais (seis dias).

Entre os Terminais de Uso Privado (TUPs) a Portonave (Terminal Portuário de Navegantes), registrou movimentação de 820.862 toneladas e 78.470 TEUs com crescimento de 22% na tonelagem e 31% nos TEUs no comparativo ao ano passado, em que foram movimentadas 670.472 toneladas e 59.924 TEUs.

Todos os demais TUPs apresentaram índices positivos no comparativo a janeiro de 2020: Poly Terminais com 50% de crescimento na tonelagem; e Teporti com 753% de crescimento na tonelagem e 200% nas escalas; Os terminais Braskarne e Barra do Rio não tiveram registro de movimentação em janeiro de 2020, mas apresentaram movimentação em 2021.

A Braskarne movimentou 481 toneladas em uma escala; a Poly Terminais com movimentação de 6.000 toneladas em uma escala; a Barra do Rio com registro de 1.150 toneladas e uma escala; e o Teporti 22.893 toneladas e três escalas.

Apesar do preço do dólar em alta, as importações superaram as exportações e corresponderam por 51% do sentido das cargas operadas no complexo. No ano passado em janeiro, as importações representaram 38% do sentido das cargas.

O frango, as carnes e madeira e derivados foram os produtos mais exportados.  Os produtos mais importados foram os mecânicos e eletrônicos; plásticos e borrachas; e produtos químicos.

Mesmo sendo um início de ano estável nas movimentações, os números crescentes do Porto de Itajaí referentes aos últimos meses, dão indícios de que neste primeiro semestre de 2021, de forma geral, tendem a ser favoráveis.

  •   Av. Coronel Eugenio Muller, 405 - Centro, Itajaí - SC
  •   (47) 3241-9100 | (47) 98805-3702
  • ogmo@ogmoitajai.com.br